Kilocalorias

5 razões pela quais deves consumir azeite.

Ao lado do óleo de peixe, o azeite é o verdadeiro superstar de gorduras líquidas. Aqui está o porquê

0 33

O óleo de coco costuma obter toda a publicidade, mas já avisamos neste artigo o cuidado que se deve de ter com o óleo de coco. O óleo de coco é uma estrela da culinária da musculação e fitness, provavelmente porque os cocos nos fazem pensar em ilhas tropicais repletas de nativos, praias paradisíacas e afins . Além disso, há a noção de que não engorda. (Engordará, se usado de forma descontrolada.)

Mas é o azeite que é a verdadeira estrela, na verdade, ao lado do óleo de peixe e do ácido linoléico conjugado (CLA), o azeite é o que os fisiculturistas e as pessoas que fazem qualquer tipo de desporto deveriam consumir todos os dias, ora confere as 5 razões.

5 razões para consumir mais azeite

  • Um componente do azeite faz com que seu corpo queime mais gordura. O azeite contém oleuropeína, um fenol que faz com que as células de gordura brancas atuem mais como células de gordura castanhas. Isso é bom porque as células de gordura castanhas são células que contêm muitas mitocôndrias vorazes (pequenas organelas que são a fonte de toda energia celular) que absorvem nutrientes e libertam calor.
    Quanto mais gordura castanha tiveres, ou quanto mais gorduras tiveres que atuem como gordura castanha, mais calorias queimas. E a gordura castanha tem muito que se lhe diga. Por exemplo, diga-mos que que tens mais 50 gramas extras de gordura castanha ou gordura que se comporta como tal. Essa pequena quantidade pode fazer com que queimes de 300 a 500 calorias extras por dia.
  • O azeite aumenta os teus testículos. Ok, testículos maiores em si não são grande novidade, mas os testículos mais pesados indicam uma maior produção de testosterona. O azeite ajuda as células de Leydig nos testículos a ficarem pesadas ao absorver mais colesterol e os testículos usam o colesterol para fazer testosterona. Além disso, o azeite aumenta os níveis de uma enzima que facilita a conversão em testosterona. (Para ser justo, porém, o óleo de coco faz o mesmo.)
  • O azeite aumenta a sensibilidade à insulina. O azeite, através de seus fenóis e polifenóis, reduz a resistência à insulina muscular (enquanto uma dieta com baixo teor de gordura é mais eficaz na redução da resistência à insulina no fígado). A resistência à insulina reduzida tem como resultado, o aumento da sensibilidade à insulina, não só é bom para sua saúde, mas para a cintura e a musculatura, também. Os músculos sensíveis à insulina são extremamente receptivos à recepção de nutrientes, o que leva ao crescimento. Se as células musculares não são sensíveis à insulina, os nutrientes são armazenados como gordura.
  • O azeite reduz as chances de obter um monte de doenças ou condições médicas. Devido aos seus efeitos sobre a resistência à insulina, os polifenóis que contém, e o seu potencial antioxidante, o azeite tem diminuído o envelhecimento do coração, reduz o risco de cancro do cólon da pele, mantém os níveis de cálcio nos ossos, baixa a pressão sanguínea e até luta contra a depressão.
  • O azeite pode ser uma ferramenta valiosa na dieta. Basta tomar uma colher de sopa de óleo de azeite entre as refeições para acabar com a fome num grau incrível, ao mesmo tempo que tem todos os outros benefícios para a saúde listados acima.

Bons treinos e boa dietas.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.