Balança as tuas hormonas com o tipo certo de vegetais

Come bastante vegetais (os certos) e eles ajudar-te-ão a equilibrar os níveis de estrogénio, o que pode ajudar a prevenir o cancro. Aqui está o que comer.

137

Recebe notificações em tempo real diretamente no teu móvel/computador. subscreve agora.

Vegetais crucíferos como os brócolos, a couve-flor, a couve, a couve de bruxelas e a couve-rábano são densos em nutrientes. Um composto encontrado neste tipo de vegetais crucíferos, é a glucobrassicina, que é decomposta e convertida em Indole-3-Carbinol (I3C). O I3C é então rapidamente convertido em vários outros metabolitos que têm efeitos potentes no equilíbrio hormonal.

O I3C afeta as atividades hormonais do nosso corpo, afetando tanto a atividade do receptor de estrogénio quanto o metabolismo do estrogénio. Ou seja, I3C já provou aumentar a hidroxilação do estrogénio C2.

O estrogénio pode ser benéfico para várias atividades celulares, mas se a proporção ficar muito alta (ou muito baixa), pode haver consequências graves para a saúde. Quando os estrogénios são metabolizados ao longo da via C2 em estrona e estradiol 2-hidroxilados, eles perdem muito da sua atividade estrogénica. C4 e C16 estrona e estradiol hidroxilados têm maior atividade estrogénica.

Um menor risco de cancro?

Alguns estudos1 associaram a relação entre os metabólitos de estrogénio hidroxilados e a probabilidade de cancro, sendo que aqueles que continham concentrações mais altas da via C2 estavam associados a um risco menor e vice-versa para a via do C16.

Num estudo, amostras de urina foram coletadas antes e após a administração oral de I3C2 (6-7 mg / kg por dia), ao longo de uma semana para homens e de dois meses para as mulheres. Os resultados mostraram que, para ambos os sexos, o I3C aumentou significativamente a excreção urinária de estrogénios C-2. As concentrações urinárias de metabólitos de estrogénio, como estradiol, estrona e estriol, foram menores após o tratamento.

Isto indicou que o consumo de I3C poderia diminuir as concentrações de metabólitos que ativam os receptores de estrogénio no organismo. No caso das mulheres, vários outros estudos usando dosagens tipicamente na faixa de 300-400 mg também mostraram que a administração oral de I3C altera os perfis de metabólitos urinários de estrogénio com níveis elevados de 2-OH estrona: estriol estando presente.

Uma maneira de aumentar sua ingestão de I3C é comendo mais vegetais crucíferos3. Meia chávena de vegetais crucíferos pode ter entre 20 a 389 mg de I3C, com o agrião a chegar a 389 mg e couve chinesa com cerca de 20 mg.

1.
Estrogen Metabolism and Risk of Breast Cancer: A Prospective Study of the 2:16α-Hydroxyestrone Ratio in Premenopausal and Postmenopausal Women on JSTOR . Estrogen Metabolism and Risk of Breast Cancer: A Prospective Study of the 2:16α-Hydroxyestrone Ratio in Premenopausal and Postmenopausal Women on JSTOR . https://www.jstor.org/stable/3703815. Published November 6, 2011. Accessed May 17, 2018.
2.
Michnovicz J, Adlercreutz H, Bradlow H. Changes in levels of urinary estrogen metabolites after oral indole-3-carbinol treatment in humans. J Natl Cancer Inst. 1997;89(10):718-723. [PubMed]
3.
McNaughton S, Marks G. Development of a food composition database for the estimation of dietary intakes of glucosinolates, the biologically active constituents of cruciferous vegetables. Br J Nutr. 2003;90(3):687-697. [PubMed]

Recebe notificações em tempo real diretamente no teu móvel/computador. subscreve agora.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.